quarta-feira, 15 de maio de 2013

#2 Um milhão de coisas...

Duvido que tenha alguém que nunca tenha escutado a vó dizer: "Não prende o espirro que seu coração vai parar, peste!"
Dizem que quando espirramos pra dentro o coração pára por um milissegundo.
Então que dizer que eu morria e não sabia? Nã nã ni nã nãooo!

O mecanismo responsável pelas batidas do coração não tem nenhuma relação com as vias aéreas. O que pode acontecer é uma lesão no tímpano.
O espirro, quase sempre, é provocado por partículas que irritam a mucosa nasal. Aí o pulmão explusa o ar numa velocidade de 150Km/h e se prendermos o espirro, esse ar pode procurar outras vias para ser eliminado, entre elas, os ouvidos.

Então, galera, dá pra ficar surdo, mas morrer de ataque cardíaco, não rola!

Atchiiiim

terça-feira, 14 de maio de 2013

#1 Um milhão de coisas...

Pi pi pi...a mais TOP do morro na área!!!

Fala comigo, galera! Voltei pra ficar porque a FAVELA tá na moda, bombando no horário nobre e eu tô morrendo de orgulho. E como favelado também pode ser CULT, a partir deste post vou publicar uma série com UM MILHÃO DE COISAS QUE EU GOSTARIA DE SABER, MAS NINGUÉM NUNCA ME CONTOU!

#1 Os golfinhos, os chimpanzés e os homens são os únicos animais que se reconhecem no espelho. Porque?

A maioria dos animais não se reconhece no espelho. Ao ver sua imagem refletida, eles reagem como se estivem de frente para outro indivíduo da mesma espécie. Os pássaros machos, por exemplo, são capazes de se arremessarem contra um espelho na intenção de espantarem um suposto invasor de seu território.
Pesquisas apontam que os chimpanzés e os homens, reconhecem seus reflexos por terem lóbulos cerebrais frontais. Mas...quanto ao golfinho...ainda é um mistério, pois eles não possuem esses lóbulos!

Babado, né???

@1milhaodecoisas

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Proibido Campanha Eleitoral

Prezados,

pela misericórdia divina, não tentem cativar meu voto, não me entreguem papelzinho, não me falem bem de seus candidatos. Se acha bom, guarde somente para você ou divulgue a quem se interessa.
Desde que tirei (OBRIGATORIAMENTE) meu título de eleitor, nunca dei 1 voto sequer. Nem tão pouco me dou ao trabalho de comparecer no dia da votação. Acho muito mais digno pagar R$3,50 e não compactuar com essa palhaçada. E não me falem de esperanças também. Não dá pra pensar em mudança num país como o nosso. Sempre tem alguém acima do bem, sempre haverá um esquema que não pode ser quebrado, sempre haverá Rede Globo transformando o povo em zumbi, sempre haverá povo querendo ser zumbi. Haverá gente feliz com merreca de aumento do salário mínimo e gente que esquece que o gás, o remédio, a comida, o aluguel e a luz também subiram MUITO MUITO mais que o salário.
E vai continuar faltando TUDO, menos tapete e vassoura, pra esconder a sujeira. 
O sonho de
um amigo, durante anos, era vestir com orgulho e amor a farda da PM. Depois de muitas tentativas, seu sonho foi então realizado. Eis que vem a formatura e o desejo de fazer justiça por um povo tão carente de quem zele por sua segurança. Depois de algum meses de trabalho o diálogo é outro: É Dani...a gente tenta e quer fazer diferente, mas em algum momento do caminho você esbarra com o esquema. Aí ou você finge que não viu ou roda!
Não dá, né?!

Então, amigos engajados, me poupem de hipocrisia.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Não pode ser sério!

O post de hoje é um registro de indignação e decepção.
Como diz a letra do Charlie Brown Jr., o que eu vejo na TV o que falam sobre os jovens... não é sério. Mas é.
Os cinco marginais que espancaram o jovem que tentou defender um morador de rua em Niterói foram absolvidos. Estão livres pra daqui a DOIS MESES ou menos agredirem outro cara maneiro que cruzar o caminho deles. Playboys de merda!
Vitor Suarez, tenha todo meu conforto e apoio na sua luta que também é minha...e deveria ser de todos os cidadãos de bem desse país.
A impunidade, a hipocrisia, a cegueira oportuna da justiça não podem calar a nossa voz.

Sr. Juiz, se o senhor não entende que incontáveis chutes e murros que resultaram em  fraturas em mais de QUINZE ossos da face não caracterizam uma tentativa de homicídio, (com todo respeito) dê a cara pra alguém chutar.

Esse sempre foi uma piada. Só que tá ficando cada dia mais sem graça e ultrapassada.



segunda-feira, 25 de junho de 2012

Super renovada!

Vim sacudir a poeira!
Depois de tanto tempo longe me dedicando aos cuidados maternos da minha pequena cria, Cauã, estou de volta com força total.
Ser mãe é abrir a janela pra emoção entrar. É experimentar um sentimento novo a cada dia, nunca mais fazer as unhas, pirar o cabeção com a rotina e rir sozinha quando seu pequeno milagre lhe apresenta alguma novidade!

E como dizia meu mestre Bezerra:
"Voltei pra falar das favelas que eu não falei! Hoje provo e comprovo que não esqueci de vocês!"

terça-feira, 1 de março de 2011

O melhor dos últimos tempos!




O post de hoje é na verdade um aplauso escrito a um espetacular ator da nova geração, Marcos Veras. Eu sempre gostei muito de teatro e sempre que sobra um qualquer (porque é caro mesmo $), é o que eu escolho fazer pra me divertir! Graças a veia humoristica do meu namorado, tenho optado pelas comédias e por sugestão dele fomos até o Teatro do Leblon  assistir Falando a Veras.
O Marcos Veras é um cara branquelo com cara de estudante de informática da PUC. Não tem aquela cara debochada da maioria dos comediantes, humoristas, engraçados, enfim... Mas quando ele começa a falar, liga instantaneamente o botão do riso em cada espectador e só desliga quando fecham as cortinas.
O cara é muito bom. Na verdade, o melhor! Inteligentíssimo.
Nós ficamos tão fãs que assistimos na sexta e voltamos no sábado, porque não encontramos nenhum outro programa que pudesse nos divertir tanto.
Stand up virou moda. Todo mundo acha que é engraçado e quer fazer show de humor em aniversários de família, confraternização, naquele happy hour descontraido...Mas não é bem assim.
Depois dele prestigiamos a galera do Comédia em Pé, Ox Exculaxados, o lendário Sergio Malandro, Rock Bola, ... e Comédia Sentado, em Pé e Deitado (com Wagner Trindade). Nada tinha graça. Esse último até valeu a pena, acredito eu que seja pelo fato de o Wagner Trindade contracenar com Marcos Veras na TV, deve ter adquirido "graça" por osmose.
Não percam a oportunidade de conferir. Rir com vontade é um remédio eficaz pra um montão de males!

Fica a dica!

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Como em Caverna do Dragão: o final feliz nunca chega!


Salve, salve galera "fechamento" que lê, critica e compartilha minhas idéias.

Sei que "geral" tá no esquenta pro carnaval, a festa da carne (uhuuulll), todo mundo preocupado com o incêndio trágico que destruiu o trabalho de um ano inteiro de três queridas escolas. Fato lamentável, mas...o assunto de hoje é outro!

A operação para instalação da UPP no Complexo do Alemão foi "um luxo"! Menos pra mim...
Enquanto todo mundo ficava vidrado nas imagens de faroeste transmitidas em tempo real pela TV, posts nos twitter, ti ti ti pelas ruas, eu resmungava muito "bolada" que aquilo tudo estava parecendo um circo! E "geral" me olhando torto, achando que eu era a favor da bandidagem, do tráfico e das ações terroristas que os vagabundos resolveram praticar por aí.
Não era isso. Não precisa ter dons mediúnicos, receber entidade, pular fogueira santa pra saber o final dessa história. Basta ser realista...e isso eu sou de sobra.
Nossa força policial não é confiável, infelizmente! Uma pá de cidadão, que em busca da estabilidade do emprego público, termina frustrada com a vulnerabilidade da profissão, ganham uma miséria e tem que "botar a cara pra rolo". Daí o capetinha surrando o caminho do sucesso financeiro no ouvido desses caras acaba conseguindo corrompê-los e pronto. "Neguinho" entrega operação, vende armamento, devolve apreensão, "fecha" com traficante e vamos que vamos. É a vista grossa facilmente comprada com um "cafezinho" ou propina, como quiserem chamar.
E a população iludida por vontade própria, dá entrevista denunciando, "X-nova", faz o diabo achando que - dessa vez - estará livre da ditadura do crime.
Nada feito. O tempo passa, metade do efetivo usado na ocupação do morro desce, a galera do movimento sai da entoca e a população se f#&%! E ninguém vê, nem comenta. Nenhum artista vai lá defender os interesses daquela gente. Ninguém vai protestar, gritar, quebrar tudo na Secretaria de Segurança, no Palácio Guanabara e depois posta, orgulhoso, fotos no twitter, no orkut... Essa turma gosta mesmo é de fazer firula.
Ninguém noticia, nem cometa em voz alta as denúncias dos moradores de que o tráfico tá voltando cheio de ódio no pulmão (uma vez que eles não têm coração), porque em qualquer favela do mundo, X-9 não tem vez, nem proteção, nem garantias, né Sr. Beltrame?
Um vexame. Como sempre.
Minha sugestão para uma tentativa de mudança seria um intercâmbio com soldados israelenses. Eles resolveriam tudo em 2 dias e todo mundo ia se orgulhar de uma guerra verdadeiramente vencida.
Podem me chamar de desacreditada, insensível, do que quiserem. Minha capacidade de enxergar a vida exatamente como ela é, de saber que o dinheiro (principalmente o sujo) compra o que for nesse país, me definem como REALISTA.
Não tô diante de nenhuma novidade. Já sabia, com toda certeza, como essa brincadeirinha ia terminar.